Terminada a 1ª fase da reabilitação da Casa de Aristides de Sousa Mendes

carregal-passal1“Este é o momento de viragem na Casa do Passal”. Foi desta forma que José Barreto Xavier, secretário de estado da cultura, se referiu à visita realizada ontem às obras da Casa do Passal, em Cabanas de Viriato.

O secretário de estado lembrou que “à ruína sucederam-se as obras de reabilitação, cuja 1.ª fase está agora terminada, àquela que foi a residência de Aristides de Sousa Mendes.” José Barreto Xavier lembrou que este é um marco essencial para o desenvolvimento da região antevendo que a Casa do Passal “vai ser a âncora no desenvolvimento do território no futuro” e enalteceu o “envolvimento importante do Município que entendeu também priorizar este investimento”.

Ao referir-se ao edifício, afirmou “a memória que aqui é lembrada é um exercício de cidadania” e sublinhou a premência e necessidade de se “avançar com clareza e determinação” no sentido de se encontrar um caminho específico para o futuro da Casa do Passal, apelando ao envolvimento de todas as entidades/instituições interessadas e amigas.

O representante do Governo lembrou ainda a passagem sobre o aniversário do Holocausto e frisou a importância de homenagear Aristides de Sousa Mendes pelo seu acto heróico que, na ocasião lhe trouxe várias sanções mas depois lhe valeu diversas distinções. Uma referência também feita por Tzipora Ramon, embaixadora de Israel em Portugal, que recordou a primeira distinção a Aristides de Sousa Mendes – “Justo Entre as Nações” – feita por Jerusalém. Sobre a Casa do Passal, Tzipora Ramon foi clara “é um espaço de ensino da história do Holocausto”, pelo que participar nesta visita oficial “é uma honra e alegria”.

Antes, Celeste Amaro, directora da DRCC (Direcção Regional da Cultura do Centro), tinha feito o repto a instituições amigas de Aristides de Sousa Mendes e interessados nesta causa, para se unirem e chegarem a uma conclusão efectiva de um projecto para a Casa do Passal. Referiu que o primeiro passo foi dado e a 1.ª fase das obras de reabilitação está concluída tendo até sido terminada antes do tempo previsto. Celeste Amaro afirmou-se particularmente satisfeita pelo facto, pois há cerca de um ano atrás, em representação do secretário de estado, naquele mesmo local, se tinha comprometido a concluir estas obras até ao final de Agosto de 2015. Emocionada, aquela responsável agradeceu de forma muito particular à sua equipa – técnicos da DRCC – toda a dedicação, empenhamento e trabalho realizados. Afirmando-se uma pessoa exigente consigo e com os outros, Celeste Amaro agradeceu também a pessoas/entidades e instituições empenhadas nesta causa e apelou à união de esforços e vontades para se dar continuidade às obras necessárias.

A propósito anunciou o lançamento do concurso público para a 2.ª fase de reabilitação da Casa do Passal, publicado nesse dia em Diário da República, e que prevê a recuperação de “janelas, portas, grades e muros da Casa do Passal, ficando para o final a intervenção no interior e sua musealização”. Um investimento de 800 mil euros prevendo esta responsável que, em 2018, seja possível abrir as portas da Casa do Passal à região, ao país e ao mundo. Uma situação possível pelo contributo da Câmara Municipal de Carregal do Sal que abdicou de parte dos fundos comunitários a que teria direito em prol da recuperação daquele edifício pleno de simbolismo.

“É realmente nosso objectivo salvar e reabilitar a Casa do Passal, com toda a simbologia que encerra e torná-la num veículo perpetuador e transmissor do legado moral e cívico que emerge do ato heróico de Aristides de Sousa Mendes” – Foi assim que José Sousa Batista, Vice-presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal deu início ao seu discurso. O representante da edilidade sublinhou que “O abandono e a ruína pertencem a um passado, bem recente, é certo, que nos incomodava”. Recordou então iniciativas, algumas pessoas, “cabanenses de corpo alma”, para quem a reabilitação da Casa do Passal era um sonho e uma prioridade. E considerou “o futuro, pelo menos as linhas gerais, está alinhavado e em condições de perspectivar um fim condigno” afirmando que se trata de um legado demasiado forte e importante para nos darmos ao luxo de continuar a ignorar.” Prova inequívoca disso é o facto, já formalizado, de a Câmara Municipal prescindir de 800 mil euros que lhe estavam destinados no âmbito do Portugal 2020 para viabilizar a recuperação do edifício. Um financiamento que a Câmara entende que deveria ser garantido por outros meios. Afinal Aristides de Sousa Mendes é “um cidadão do mundo”. A autarquia lamentou o facto mas José Sousa Batista afirmou, peremptório, “As nossas convicções são fortes e tudo faremos para ajudar a levar a bom porto esta realização.” Terminou apelando à união de todos em torno desta questão sublinhando “ Aristides de Sousa Mendes, merece-o; cada um de nós que acreditamos nos valores da solidariedade e do amor ao próximo, o merecemos; as gerações vindouras, com exiguidade e necessidade imperiosa de valores de referência que possam pautar as suas vivências, merecem-no.”

Também Ana Abrunhosa, presidente da CCDR Centro foi convidada a usar da palavra, começando por referir que “esta é a 1.ª fase de um projecto da região, do país e do mundo”. Ao referir-se às dificuldades do processo, enalteceu a directora da Direcção Regional da Cultura do Centro e a sua equipa por “conseguirem rentabilizar os trocos disponíveis e até passar da 1.ª fase para a 2.ª fase, que não estava prevista.” Ana Abrunhosa manifestou ainda a disponibilidade da CCDR Centro para continuar “a acarinhar e apoiar este projecto.”

Antes da visita oficial às obras, outras intervenções marcaram a cerimónia.

Antero de Carvalho, arquitecto da Direcção Regional da Cultura do Centro, que supervisionou os trabalhos, foi o primeiro orador. Sucinto, o técnico falou sobre as obras realizadas designadamente na substituição das madeiras por estrutura metálica e na reconstrução total da fachada da Casa do Passal lembrando o que ainda está para fazer nos próximos tempos.

Luís Fidalgo, em representação da Fundação Aristides de Sousa Mendes, lembrou aqueles que lutaram e lutam pela causa recordando que “foram 30 anos de promessas, acontecimentos, visitas sem nunca se fazer nada.” Por isso, publicamente fez o “reconhecimento ao secretário de estado da cultura, à directora da DRCC e à Câmara Municipal por estar aqui a olhar para a obra entretanto executada” cujo futuro, espera, seja “um lugar de mensagem para as gerações novas, um lugar de cidadania”. Convicto de que o “Concelho, Cabanas de Viriato e a região vão ser conhecidos no futuro por ser a terra de um homem como Aristides de Sousa Mendes (…) um português que nos honra por aí fora”, dirigiu-se ao secretário de estado afirmando “neste interior, também se honra a memória de um povo, do país”. A propósito referiu a necessidade de se trabalhar em rede, de conjugar sinergias dando como exemplo o critério da localização geográfica, designadamente, a proximidade a Viseu e Coimbra e referiu-se então ao protocolo existente entre a Fundação Aristides de Sousa Mendes e a Universidade de Coimbra.

A intervenção seguinte coube Aristides de Sousa Mendes, neto do Cônsul, que agradeceu, em nome da família, o que estava a ser feito pela memória do gesto do seu avô. Aristides de Sousa Mendes (neto) lembrou que o processo foi despoletado pelo “grito de charme da família”, pelo que “a obra realizada deve-se também à família”. Felicitou então a DRCC por ter escutado esse grito e ter concretizado a obra que visitavam, terminada antes do prazo. Aristides de Sousa Mendes lembrou então que “a Casa tem sempre corpo e alma e o corpo estava morto mas a alma paira.”

Em sinal de apreço, no final da visita, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Cabanas de Viriato retirou o seu crachá da camisa da farda e ofertou-o ao secretário de Estado, o que sensibilizou o governante.
carregal-passal2carregal-passal3

Artigos Relacionados
Lançado concurso para obras na Casa do Passal em Cabanas de Viriato

Lançado concurso para obras na Casa do Passal em Cabanas de Viriato

A Direcção Regional da Cultura do Centro lançou o procedimento de abertura do concurso público para “Substituição da Cobertura, Reforço e Estabilização Estrutural” Casa do Passal, em Cabanas de Viriat...
Secretário de Estado nas I Jornadas Técnicas Florestais em Carregal do Sal

Secretário de Estado nas I Jornadas Técnicas Florestais em Carregal do Sal

[caption id="attachment_50031" align="alignleft" width="180"] Amândio Torres[/caption]Amândio Torres, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural é já presença confirmada nas I Jorna...
Município promove “Carregal Futuro: Conhecer, Optar, Projectar”

Município promove “Carregal Futuro: Conhecer, Optar, Projectar”

A Câmara Municipal de Carregal do Sal promove, no próximo dia 10 de Setembro, pelas 10horas, uma iniciativa de debate de ideias para projectar o Concelho.Consciente de que o Concelho possui um potenci...
Carregal do sal: escavações na Orca de Travanca

Carregal do sal: escavações na Orca de Travanca

Decorrentes de um protocolo conjunto estabelecido entre a Câmara Municipal de Carregal do Sal, Câmara Municipal de Nelas e Universidade de Lisboa (Centro de Arqueologia) decorrem já as escavações na O...
Reuniões Públicas Descentralizadas em Carregal do Sal

Reuniões Públicas Descentralizadas em Carregal do Sal

Na passada sexta-feira, dia 22 de Julho, foi dado por concluído o programa das reuniões descentralizadas realizadas em todas as Freguesias deste Concelho, com inclusão das de Papízios e Sobral, que fo...
Carregal do Sal celebrou Dia do Município

Carregal do Sal celebrou Dia do Município

José Luís Carneiro, Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas presidiu a Sessão Solene comemorativa do Dia do Município de Carregal do Sal.Após a Missa de Sufrágio, na Igreja de S. Brás e do tr...
Carregal do Sal recebe prémio de Melhor Stand Público da BTL 2016

Carregal do Sal recebe prémio de Melhor Stand Público da BTL 2016

A Câmara Municipal de Carregal do Sal recebeu ontem o prémio de Melhor Stand Público da BTL 2016.O presidente da edilidade carregalense, Rogério Mota Abrantes; a Vereadora Ana Cristina Borges e três t...
Apresentação Pública do Plano Estratégico de Reabilitação Urbana de Carregal do Sal

Apresentação Pública do Plano Estratégico de Reabilitação Urbana de Carregal do Sal

Depois de ter disponibilizado, on-line, a ferramenta que permite aos munícipes apresentarem as suas ideias/projectos de intervenção ao nível da reabilitação urbana, a Câmara Municipal vai agora promov...
UMVI reuniu com autarcas em Carregal do Sal

UMVI reuniu com autarcas em Carregal do Sal

Carregal do Sal recebeu a reunião da Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI).Autarcas dos municípios classificados de baixa densidade, conforme proposta apresentada pela Associação Nac...
Laborinho Lúcio no 6.º Encontro da CPCJ em Carregal do Sal

Laborinho Lúcio no 6.º Encontro da CPCJ em Carregal do Sal

Laborinho Lúcio é o orador convidado para o 6.º Encontro da CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Carregal do Sal, que vai decorrer no Centro Cultural de Carregal do Sal, no dia 18 de Ma...

Uma resposta a “Terminada a 1ª fase da reabilitação da Casa de Aristides de Sousa Mendes”

  • margarida abrantes:

    EMBAIXADOR HENRIQUE SILVEIRA BORGES PROÍBE HOMENAGEM A ARISTIDES DE SOUSA MENDES EM BUENOS AIRES,VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

*

Publicidade
Empresas Mais
Zé da PinhaBrites Motoresmr-creative
Radio CentralPharmapeçasAjudas Técnicas Online
promotorD DuarteYour Ad Here

Motores
Video
“Memória dos Tempos Medievais”, vídeo promocional lançado pela Câmara Municipal de Penedono.
Liga-te
Click para ver o tempo em Viseu, Portugal
Votação

Como considera a resposta cultural da cidade de Viseu?

Ver resultados

Loading ... Loading ...
Recent Posts

Luaty Beirão e Marcos Mavungo em Viseu no debate sobre liberdade de expressão

Numa altura em que abundam as críticas quanto ao desinteresse do cidadão comum pelas questões da cidadania,...

Carlos Cunha: «Prelúdio autárquico»

Carlos Cunha Carlos Cunha, deputado municipal eleito pelo CDS, deixa aqui a sua opinião. Prelúdio...

Hospital CUF Viseu vai formar cerca de 200 alunos em Suporte Básico de Vida

O projecto "SBV na escola", promovido pelo Hospital CUF Viseu e pela Academia CUF em colaboração...

Vítor Santos: «Liberdade»

Vitor Santos Vítor Santos, licenciado em Comunicação Social, deixa aqui a sua opinião. Liberdade «A...

Seminário "Das Tormentas à Boa Esperança" em Viseu

A APECV, a AVISPT21 e o Teatro Viriato estão a organizar o seminário "Das Tormentas à Boa Esperança",...
Comentários Recentes
Quero ir a Moimenta da Beira em Julho de 2017 para poder beber e provar o tinto.
EMBAIXADOR HENRIQUE SILVEIRA BORGES PROÍBE HOMENAGEM A ARISTIDES DE SOUSA MENDES EM BUENOS AIRES,VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Nunca ouvi um politico dizer tantas verdades!Parabéns! Convidar a D. Milu para falar de Educação é beneficiar o infrator, é dar
Parabéns pelas obras. Ficou a faltar o espelho partido há tres anos no primeiro balneário bem como cabides em todos os duches. Ag
Gostava de ser voluntaria .
Indicadores