Apresentado livro de fotografia e poemas nascido a partir de Viseu

cidade-nenhuma2

No passado Sábado, no Espaço Experimental – Saguão, em Viseu, deu-se a conhecer o novo livro de Luís Belo e Bruno Ministro, “Cidade Nenhuma”. Para lá do livro, o espaço inaugurou também uma exposição de fotografia, com o mesmo nome, que ficará patente na sua Window Gallery até ao final do ano e que pode ser visitada a qualquer hora do dia ou da noite. 

Esta publicação é o segundo livro de fotografia de Luís Belo. Depois de Emergir, um registo saudosista, que acompanhou com poesia escrita por si, nesta nova publicação continuam a existir palavras a acompanhar as imagens, mas é Bruno Ministro que lhes dá forma, e fá-lo com particular destreza. Num registo experimental, com a linguagem verbal a ser explorada sob diversas perspectivas, o texto não se limita a acompanhar o leitor na descodificação das fotografias. O jogo de produção de significado é baralhado ao fornecer linhas diversas e divergentes para a leitura das imagens e das próprias palavras. Se as fotografias podiam existir neste livro sem os poemas e se os poemas podiam existir neste livro sem as fotografias, a verdade é que não é isso que acontece: a palavra existe junto da imagem e a imagem junto da palavra. E é nessa comunhão e/ou confronto que a leitura se tece.

Sobre as imagens, o autor escreve: “Esta cidade é Viseu mas é como se não o fosse. Esta cidade que é aquela onde o Luís vive, é também uma cidade que cresceu para cima e para os lados e aos poucos tornou-se como todas as outras, e todas as outras são como esta. Estas fotografias representam uma cidade, não necessariamente aquela que captam. Mostram de forma quase clínica, a sua beleza, frieza e simetria. A ausência do ser humano em desprimor do betão. Um céu nublado em vez de um sol emocional.”

Já sobre os textos, Bruno Ministro explica: “O que o conjunto de fotografias deste livro faz é apresentar uma cidade nenhuma que poderia ser qualquer cidade. A descaracterização, o carácter solidamente áspero das fotografias, a procura da construção do não-lugar por meio de uma objectiva muito objectiva, permite afirmar que aqui a fotografia não retrata, não toma um momento e um objecto do presente para o fixar e representar. O que acredito que estas fotografias fazem – e foi daí que o meu trabalho poético partiu – é criar mundos outros (porque quem cria uma cidade, cria um mundo). E o que acontece quando em cima de um mundo que é já outro lhe colocamos um outro mundo feito de um outro material.”

O livro embora seja uma edição de autor, integra a colecção da Medíocre (www.mediocre.pt) uma marca que Luís Belo criou para albergar vários  projectos experimentais. 


cidade-nenhuma1

 

Artigos Relacionados
Livro “emergir” de Luís Belo apresentado no Palco Luz

Livro “emergir” de Luís Belo apresentado no Palco Luz

No próximo dia 19 de Setembro (quinta-feira), pelas 22h00, o Palco Luz recebe a apresentação do livro "emergir", de Luís Belo.A primeira edição do livro de fotografia e poesia foi lançada no final do ...
Luís Belo apresenta «Emergir» em Coimbra

Luís Belo apresenta «Emergir» em Coimbra

O artista plástico viseense Luís Belo estará na segunda edição do Photobook Club Coimbra, a tertúlia que se realizará na Casa das Caldeiras no dia 9 de Fevereiro, pelas 21h30.Luís Belo foi convidado p...
Luís Belo lança livro de fotografia e poesia

Luís Belo lança livro de fotografia e poesia

A editora Medíocre acabou de publicar "Emergir", um livro de fotografia e poesia da autoria do artista viseense Luís Belo.A publicação, construída por fotografias analógicas, é um retrato de Viseu con...
Apresentado “Retrato de Mulher no Cais Durante” de Carlos Clara Gomes

Apresentado “Retrato de Mulher no Cais Durante” de Carlos Clara Gomes

O Museu Nacional Grão Vasco recebeu este sábado o lançamento oficial da obra “Retrato de Mulher no Cais Durante” da autoria de Carlos Clara Gomes e editado pela Edições Esgotadas.O ambiente intimista ...
Luís Aguiar vence Prémio de Poesia Judith Teixeira

Luís Aguiar vence Prémio de Poesia Judith Teixeira

Já é conhecida a obra vencedora do Prémio de Poesia Judith Teixeira. “O muro onde a sombra persiste”, da autoria de Luís Aguiar, é a primeira obra de poesia a ser galardoada pela Câmara Municipal de V...
GICAV conquista novo parceiro cultural

GICAV conquista novo parceiro cultural

Com escritores, Poetas e convidados de Portugal e do Brasil realizou-se, no dia 4 de Dezembro, no Museu Nacional Grão Vasco, a apresentação da Antologia "O Olhar da Língua Portuguesa no Mundo" coorden...
Lançamento do livro “Aquilino Sem Palavras” da autoria do artista plástico Pedro Albuquerque

Lançamento do livro “Aquilino Sem Palavras” da autoria do artista plástico Pedro Albuquerque

Passando 30 anos sobre a fundação do CEAR, e no respeito pelo lema aquiliniano de “Alcança quem não cansa”, decidiu a direcção da instituição, depois de longo labor editoral, trazer à luz do dia, com ...
DÃO DOC de John Gallo no Solar do Vinho do Dão

DÃO DOC de John Gallo no Solar do Vinho do Dão

A exposição será apresentada no Solar do Vinho do Dão, em Viseu, onde decorrerá o “Vinhos de Inverno” e o festival literário “Tinto no Branco”, e poderá ser visitada durante o horário de funcionamento...
“Castigo” um conto de Vítor Santos

“Castigo” um conto de Vítor Santos

Castigo  O Vítor era o miúdo mais traquina da Zona da Sé, não havia dia nenhum que não se metesse em sarilhos! A tia Lili, uma senhora já com uma certa idade, era quem tomava conta dele enquanto os pa...
Livro sobre I Grande Guerra apresentado em Viseu

Livro sobre I Grande Guerra apresentado em Viseu

Uma iniciativa evocativa do centenário da I Grande Guerra (1914-1918) vai decorrer, em Viseu, no próximo dia 19 de Novembro, pelas 16h00, no Museu Nacional de Grão Vasco.Será apresentado o livro "Port...

Deixe um comentário

*

Publicidade
Empresas Mais
Zé da PinhaBrites Motoresmr-creative
Radio CentralPharmapeçasAjudas Técnicas Online
promotorD DuarteYour Ad Here

Motores
Video
“Memória dos Tempos Medievais”, vídeo promocional lançado pela Câmara Municipal de Penedono.
Liga-te
Click para ver o tempo em Viseu, Portugal
Votação

Como considera a resposta cultural da cidade de Viseu?

Ver resultados

Loading ... Loading ...
Recent Posts

Luaty Beirão e Marcos Mavungo em Viseu no debate sobre liberdade de expressão

Numa altura em que abundam as críticas quanto ao desinteresse do cidadão comum pelas questões da cidadania,...

Carlos Cunha: «Prelúdio autárquico»

Carlos Cunha Carlos Cunha, deputado municipal eleito pelo CDS, deixa aqui a sua opinião. Prelúdio...

Hospital CUF Viseu vai formar cerca de 200 alunos em Suporte Básico de Vida

O projecto "SBV na escola", promovido pelo Hospital CUF Viseu e pela Academia CUF em colaboração...

Vítor Santos: «Liberdade»

Vitor Santos Vítor Santos, licenciado em Comunicação Social, deixa aqui a sua opinião. Liberdade «A...

Seminário "Das Tormentas à Boa Esperança" em Viseu

A APECV, a AVISPT21 e o Teatro Viriato estão a organizar o seminário "Das Tormentas à Boa Esperança",...
Comentários Recentes
Quero ir a Moimenta da Beira em Julho de 2017 para poder beber e provar o tinto.
EMBAIXADOR HENRIQUE SILVEIRA BORGES PROÍBE HOMENAGEM A ARISTIDES DE SOUSA MENDES EM BUENOS AIRES,VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Nunca ouvi um politico dizer tantas verdades!Parabéns! Convidar a D. Milu para falar de Educação é beneficiar o infrator, é dar
Parabéns pelas obras. Ficou a faltar o espelho partido há tres anos no primeiro balneário bem como cabides em todos os duches. Ag
Gostava de ser voluntaria .
Indicadores