Acácio Pinto: «O Governo nada tem a ver com a subida de combustíveis? Essa agora!»

Acácio Pinto

O deputado do PS, eleito por Viseu, Acácio Pinto, deixa aqui a sua opinião.

O Governo nada tem a ver com a subida de combustíveis? Essa agora!

«Temos estado confrontados, dia sim, dia não, com subidas dos combustíveis em valores nunca vistos até hoje.

A gasolina aumentou treze cêntimos e o gasóleo sete cêntimos desde o início do corrente ano. E ficámos a saber, por uma declaração lapidar proferida por Passos Coelho, que se trata de “uma matéria que não depende da intervenção do Governo”.

Por um lado o líder do Governo está a tratar-nos, a todos, como se não fôssemos dotados de inteligência e por outro lado está-se a tratar, a si próprio, como político gelatinoso como nos tem vindo a habituar. Ou seja, na oposição, quando candidato a Primeiro-Ministro, indignava-se com os preços dos combustíveis, pese embora o facto de muito inferiores aos de hoje e de o rendimento dos portugueses ser superior ao atual; agora como Primeiro-Ministro disse, em Viseu, o que disse. Que o seu Governo não tem nada a ver com isso, lavando as mãos como pilatos.

Aliás, convém dizer que do mesmo modo se comportou e comporta o seu parceiro de coligação, Paulo Portas, que também teve uma amnésia relativamente às declarações que efetuou no Parlamento quando na oposição.

Ou seja, os portugueses confrontam-se, todos os dias, com factos que revelam uma argumentação falaciosa e sustentada em mentiras e embustes políticos que o PSD e o CDS encenaram para “ir ao pote”, para reduzirem os vencimentos dos portugueses, nomeadamente dos funcionários públicos, para aumentarem o desemprego, para aumentarem as taxas moderadoras e para atacarem a escola pública e ao invés atribuírem um conjunto de benesses escandalosas a nomeados seus para empresas públicas ou afins e atacarem a economia.

Estamos, pois, perante o grau zero da política. Na oposição tudo servia para atacar o Governo, o PS e José Sócrates e agora, no poder, aquilo que se faz é o inverso de tudo quanto se proclamou ontem. Ou a culpa para o preço dos combustíveis ainda é de José Sócrates e do PS, como bem diz Miguel Sousa Tavares?

Os portugueses começam a perceber o logro da direita e não silenciarão este, seu, desencanto e revolta, nos momentos próprios.

Importa, para finalizar, dizer que me resta desafiar o Primeiro-Ministro e o Governo a escutarem Passos Coelho e Paulo Portas, de há um ano atrás e a dizerem porque não seguem, hoje sim, as receitas que na altura foram proferidas, de forma tão célere e convicta. A economia e o emprego agradeciam!

UMA NOTA PARA MEMÓRIA FUTURA: o PS em matéria de energias renováveis, aquelas que, verdadeiramente, nos irão dar segurança energética e reduzir a dependência dos combustíveis fósseis, tem um histórico que não é possível elidir com declarações de última hora de uns quantos atuais governantes.

Acácio Pinto – Deputado PS – Viseu, 23 de Março de 2012»

Partilhar
Artigos Relacionados
Acácio Pinto: «A coligação não mente por ignorância, a coligação mente por maldade!»

Acácio Pinto: «A coligação não mente por ignorância, a coligação mente por maldade!»

[caption id="attachment_36841" align="alignleft" width="200"] Acácio Pinto[/caption]O deputado do PS, eleito por Viseu, Acácio Pinto, deixa aqui a sua opinião.A coligação não mente por ignorância, a c...
Pedro Alves: «O risco da intermitência»

Pedro Alves: «O risco da intermitência»

[caption id="attachment_17915" align="alignleft" width="250"] Pedro Alves[/caption]O deputado do PSD, eleito por Viseu, Pedro Alves, deixa aqui a sua opinião.O risco da intermitência«Passados 5 meses ...
Carlos Cunha: «Jardins Efémeros 2015: uma apresentação crispada»

Carlos Cunha: «Jardins Efémeros 2015: uma apresentação crispada»

[caption id="attachment_34483" align="alignleft" width="215"] Carlos Cunha[/caption]Carlos Cunha, deputado municipal eleito pelo CDS, deixa aqui a sua opinião.Jardins Efémeros 2015: uma apresentação c...
Acácio Pinto: «Comemorações do dia 10 de junho – Elvira Fortunato inspiradora | Cavaco, o “agente” do governo em Belém»

Acácio Pinto: «Comemorações do dia 10 de junho – Elvira Fortunato inspiradora | Cavaco, o “agente” do governo em Belém»

[caption id="attachment_14931" align="alignleft" width="300"] Acácio Pinto[/caption]O deputado do PS, eleito por Viseu, Acácio Pinto, deixa aqui a sua opinião.Comemorações do dia 10 de junhoElvira For...
Pedro Alves: «O triunfalismo inconsequente de António Costa»

Pedro Alves: «O triunfalismo inconsequente de António Costa»

[caption id="attachment_17915" align="alignleft" width="250"] Pedro Alves[/caption]O deputado do PSD, eleito por Viseu, Pedro Alves, deixa aqui a sua opinião.O triunfalismo inconsequente de António Co...
Vítor Santos: «Para que serve uma Declaração Universal dos Direitos do Homem?!»

Vítor Santos: «Para que serve uma Declaração Universal dos Direitos do Homem?!»

[caption id="attachment_1258" align="alignleft" width="150"] Vitor Santos[/caption]Vítor Santos, licenciado em Comunicação Social, deixa aqui a sua opinião.Para que serve uma Declaração Universal dos ...
Luís Mouga Lopes: «Dia do Associativismo»

Luís Mouga Lopes: «Dia do Associativismo»

[caption id="attachment_37910" align="alignleft" width="250"] Luís Mouga Lopes[/caption]Luís Mouga Lopes, Dirigente Distrital do BE, deixa aqui a sua opinião.Dia do Associativismo «O papel do Bloco de...
Carlos Bianchi: «(In)consequências»

Carlos Bianchi: «(In)consequências»

[caption id="attachment_27258" align="alignleft" width="250"] Carlos Bianchi[/caption]Carlos Bianchi, advogado, deixa aqui a sua opinião.(In)consequências«Não querendo parecer um daqueles escritores q...
Pedro Alves: «O Dia de Portugal»

Pedro Alves: «O Dia de Portugal»

[caption id="attachment_17915" align="alignleft" width="250"] Pedro Alves[/caption]O deputado do PSD, eleito por Viseu, Pedro Alves, deixa aqui a sua opinião.O Dia de Portugal«O Presidente da Repúblic...
Carlos Cunha: «Serão as Cavalhadas de Vildemoinhos uma festa em honra de Baco?»

Carlos Cunha: «Serão as Cavalhadas de Vildemoinhos uma festa em honra de Baco?»

[caption id="attachment_34483" align="alignleft" width="215"] Carlos Cunha[/caption]Carlos Cunha, deputado municipal eleito pelo CDS, deixa aqui a sua opinião.Serão as Cavalhadas de Vildemoinhos uma f...

Empresas Mais
Zé da PinhaBrites MotoresJSF Estores
Euro ViseuLoja das Ajudas Técnicas
promotorD DuarteDifapauto
Correia MarquesYour Ad HerePublicite2

Motores
Parceiros
Opinião
Video
Viseu Cidade de Viriato
Liga-te
Click para ver o tempo em Viseu, Portugal
Votação

A ligação ferroviária Aveiro-Viseu-Vilar Formoso pode vir a ser uma realidade. Qual a importância para Viseu deste eixo ferroviário?

Ver resultados

Loading ... Loading ...
Recent Posts

Viseu recebe mais uma edição dos Jardins Efémeros de 3 a 12 de Julho

O festival de artes de Viseu, que arranca esta sexta-feira, realiza-se entre 3 e 12 de Julho, escolheu...

Francisco Almeida é cabeça de lista da CDU pelo circulo eleitoral de Viseu

Francisco Almeida A Comissão Coordenadora Distrital da CDU escolheu Francisco Almeida como cabeça...

Vereadores do PS Viseu questionaram edil sobre chumbo do Estádio do Fontelo

João Paulo Rebelo - vereador PS No âmbito da reunião de Câmara realizada hoje, os vereadores...

Câmara de Cinfães apoia investidores no concelho

Mais duas empresas foram criadas em Cinfães, um sinal evidente da confiança dos investidores no Concelho....

Município de Nelas promoveu encontro das IPSS do concelho

No dia 1 de Julho, na Mata das Alminhas realizou-se o 2º Encontro das IPSS’S do Concelho que reuniu...
Comentários Recentes
Tenho um neto, Guilherme Filipe Ávila A. Antunes, de quem tenho a tutela, a residir no Sátão e que transitou para o 5º. ano. Go
Não que tenha nada contra os animais, mas enquanto os associados sorriem para a fotografia a julgar que estão a fazer um grande fe
Fiz hoje com um grupo de amigos de Aveiro,o percurso da Rota dos Rios e das Levadas. Fantastico,não só pela beleza mas porque est
Estou a pensar, para o ano, em passar em Moimenta da Beira para descansar uns dias, pois já pensei no hotel. Comer e passear com o
Um futuro para o interior. Grande lata Sr. deputado, "saibamos estar à altura das nossas responsabilidades e não defraudemos as su
Indicadores